Outros seres

Foi em uma noite de sol Céu azul,

estrelas cadentes

Da terra a chuva brotava

Numa louca tempestade

Raios e trovões subiam e desciam

Vento, muito vento e escuridão

O mar revolto as ondas gritavam

Fadas,Duendes , Gnomos, Elfos, e outros seres

Passeiam no asfalto No horizonte o amanhecer

A lua resplandece com sua beleza

Um brilho intenso já era dia

O universo em ebulição

Tudo fora do eixo

Ou será que está se encaixando ?

No terreiro os idosos brincam

Correm dançam e cantam

As crianças cuidam de tudo

Os bichos em sua conferência entendem

Que os humanos estão fora de controle

Que precisam fazer uma intervenção

Para controlar e educar para prevenção do planeta que está em risco iminente

Por causa da ambição, arrogância e da falta de amor.

Então diante de tal fato só resta uma saída, virar tudo do avesso para salvar o que resta de bom no planeta todas forças do universo se juntaram para deter a sanha humana.

Os orixás chegaram com sua força e determinação, os seres da natureza se preparam para a grande batalha, determinam

Suas atividades secretamente para deter

Os humanóides perversos e predadores

Que ao longo da história só causaram

Sofrimento e destruição.

Fui convidada a observar a grande revolução, sentada numa pedra no meio da mata em volta a fogueira na beira da Cachoeira, onde todos seres de luz se encontraram para definir o destino da humanidade desumana .

A preocupação era tamanha pois os seres humanos na sua grande ignorância

Não souberam nem entenderam a sua missão.

Assim se encerra a vida humana na terra

Para poder salvar o planeta.

Só ficaram os que comungam da sabedoria Interplanetária para viver em comunidade

Sem patrão nem empregado

Sem donos de nada, onde tudo deve ser partilhado com respeito, igualdade e paz

Seguindo o estatuto da liberdade.

 

Meire Quadros

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas