Asas da solidão

Viajei nas asas da solidão

Pousei noutro planeta

Adormeci na estrela Dalva

Acordei nos braços da lua cheia

Voei no universo

Encontrei o seu sorriso

Voltei a luz do sol

Peguei carona no orvalho

Deslizei na forte chuva

No vento eu naveguei

A estrela guia me guiou

Para a floresta encantada

De duendes gnomos e fadas

Me ensinaram a estrada

Desci uma longa escada

Peguei uma grande nave

Em meio a trovoadas

Muitas luzes cantigas e risadas

Bebi uma bebida mágica

Sonhei mesmo acordada

Derrepente em São Thomé eu estava

Aterrizei em meio a estas luzes

Fui deixada pelos seres da madrugada

Foi uma linda viagem interplanetária

Passeei em todas galáxias

Agora posso dizer sou uma Extraterrestre apaixonada.

 

Meire Quadros .

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas