Ao som do violino

Ao som do violino

(Re) Vivi momentos únicos, mágicos
Lembranças intocáveis, que guardo no fundo da minha alma
Lembrei-me de tempos passados, conversas, festas
Dancei em um silêncio profundo no meu ser
Bailei a cada nota, calmamente, como se estivesse flutuando
Fechei meus olhos, e com desejo intenso senti seu toque suave, senti seu cheiro de banho
Senti seus lábios nos meus, e pude ver o lindo olhar, o qual me apaixonei
Ao som do violino, que adentrava em meu ser
(Re) Vivi toda a história que um dia existiu, e com os olhos marejados, a face rubra, os lábios trêmulos, deixei – me ficar ouvindo a música
E vivendo cada nota, cada estrofe
Ao som do violino voltei a viver você.
Reny Lima
13/11/16

BIOGRAFIA RENY LIMA UNTONE (RENY LIMA) Sou amante das letras, e escrevo deixando meu coração falar, e elevo minha alma tentando abrilhantar meu poema. Formada em letras português e inglês e suas respectivas literaturas pela Faculdade Multi - Educativa, no ano de (2009) em Taguatinga DF. Exerço a função de Técnica de Enfermagem, formada pela Escola Técnica de Saúde de Brasília, no ano de (1989) profissão que escolhi com paixão a qual dedico boa parte do meu tempo. Aprendi a amar as letras após conhecer de perto as obras Guimarães ROSA e MACHADO DE ASSIS. Através dos meus poemas realizo meu sonho de escrever e deixar transparecer minha alma e meu coração, desnudando os sentimentos. Estou me preparando para escrever meu livro e participar de algumas Antologias as quais fui convidada. Procuro escrever de forma simples, deixando que a leveza da caneta rabisque no papel a magia dos sentimentos aflorados e revoltos em meu ser. Simples, humilde, e aprendendo a cada dia, assim sou eu.

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas