ÁRVORE ENVELHECIDA

ÁRVORE ENVELHECIDA

Marcos Olavo

 

Vislumbro de a pequena luz aparecer.

De minha prisão o valor aprovado.

Pela força da natureza a cada lágrima

Um gesto amoroso e sentimental

Que nos apresenta e presenteia.

 

Os galhos do alvoreço levados pelos ventos,

É muito interessante esse braço potente

Pelas mãos do vento acontece a magia,

As folhas caem em cada puxada.

 

O beijo do vento deixa as folhas caírem

Levado em várias posições como punições,

O vento assopra até as folhas de a árvore secarem,

Castigando essa velha árvore,

Pois acredita que árvore envelhecida

Não pode reviver em sementes.

 

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas