No principio eram flores…

No principio eram flores…

Que viraram espinhos.

Os sorrisos que eram espontâneos

Hoje em dia é raríssimo.

Os sonhos de uma vida a dois

Perdeu – se a beira do caminho.

E os castelos de areia que construímos

Foram – se, nas correntezas dos rios.

As juras de amor que outrora fizeste – me…

Deletasses como um vírus.

http://adilsonconectado.blogspot.com/

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas