O POETA CONCRETO

O POETA CONCRETO

Marcos Olavo

 

O poeta concreto

Fala de arte e cultura

Agita com os poetas amigos

Enquanto pensa em fazer

Eles criarem a beleza.

 

O poeta concreto

Passa pelas ruas sujas

E começa seu novo trabalho

Ensinando a cuidar de seu bairro.

 

O poeta concreto

Vive pela arte em cada verso

Fala de sua decisão na poesia

Criam elas pra amigos e amigas

É capaz de lutar e acreditar

E tirar a roupa pra arte.

 

Os amigos concretos

Um quarteto bem informado:

Cada verso é alimento

Em corações dessa gente.

 

E foi desse jeito

Que nasceu o poeta concreto

Deu um grito na escuridão

Seu trabalho nem começou.

 

Para os poetas concretos,

 

Marcos Olavo.

 

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas