Onde ela está?Ela está aonde?

Por um dia virei detetive…
Virei o bairro atrás de uma pista.
Onde ela está?A morena que um dia tive
Tentei procuras em alguns lugares onde ela
Podia estar…
De longe observo a casa que todo dia lhe deixava
Do lado da Avenida
Nunca apareceu em uma janela
Está difícil fazer uma isca.

Virando à vila nunca a encontrara
Vi várias parecidas,os mesmos cabelos a mesma pele
Mas ela mesmo nunca aparecia.
Será que ela sabia da busca?E fugia…
O que estava fazendo afinal da vida?És orgulhosa e a mim não ligaria…
Esses amores do passado são como fantasmas do tempo.
Ressurgem como magia.

Queria eu reencontrá-la há um tempo pequeno.
Ia ser a audiência e o tempo ia ser um juiz
De um amor lindo e puro
Que morreu…
Por orgulho.

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas