QUANDO

Quando me toca
o corpo
quero prender teus gestos
dentro de mim

guardo na língua
a intimidade

Há qualquer coisa
de loucura
quando me desarruma
e toma minha nudez nas mãos

olha dentro do meu silêncio
há nele um abismo
caia… Na tentação do meu desejo… Desvende meus mistérios…

Lin Quintino

1 Comment

  1. Primorisos versos

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas