Todo dia falo que vai ser diferente

Sempre falo que vai ser diferente
Que seguirei contente
Que sei o meu valor
Que não ligo para a dor 
Mas sempre acabo assim,
Triste, chorando,nesse escuro sem fim,
Presa na desilusão, e é sempre assim,
As coisas parecem que não mudam,
As coisas parecem que não se arrumam
Mesmo todo dia falando que será diferente
Nada sai do jeito da gente,
Não dá para prometer 
Algo que nem eu sei conpreender
Juro que tento arrumar 
Mas ai parece que a confusão começa a se espalhar, 
E mais uma vez tudo esta fora do lugar
E nada de se ajeitar...

Leave a Reply

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Pular para a barra de ferramentas